24 de jan de 2013

Andorinha que sozinha fez e faz verão...

O projeto inicial do Miss Paraná foi conduzido pela BMW Eventos como "empresa" e não uma mera ferramenta para caprichos pessoais. Desde então está sendo dirigido de forma profissional, merecendo total atenção, comprometimento e constantes investimentos. 

Os recursos investidos são originários na sua totalidade da iniciativa privada. Em nenhum momento houve qualquer tipo de apoio de órgãos do Estado, ou seja - o Miss Paraná está sobrevivendo sem ajuda e recursos públicos. Caso houvesse apoio isso contribuiria de forma significativa para dar aporte necessário à Miss eleita - que representa dignamente o Estado no tradicional Miss Brasil.

É fato comprovado que apoios públicos - se bem investidos, dão maior segurança aos envolvidos e contribui para que o Paraná possa se destacar antecipadamente.

Wall Barrionuevo – diretor executivo da BMW Eventos sempre acompanha as Misses eleitas ao Palácio do Governo; a Assembléia Legislativa e as prefeituras dos municípios que conquistam o Miss Paraná. Em nenhuma visita da comitiva do Miss Paraná foi acenada a possibilidade de qualquer tipo de apoio. 

A BMW Eventos arcou e vem arcando sozinha com todas as despesas de suas eleitas que participaram do tradicional Miss Brasil. Foram investidos desde 2007 cerca de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), que serviram para custear: Taxa de Inscrição - confecção de Traje Típico; traslado até o local do concurso e preparação estética.

Importante relatar que por mais que a BMW Eventos tenha feito tanto investimento - na tentativa de não onerar as candidatas é de se registrar também que cada uma, ao seu modo e condições, fez a sua parte.

Se hoje, nas belas histórias do Paraná, Vivian Noronha Cia (Umuarama); Bronie Cordeiro Alteiro (Umuarama); Karine Martins de Souza (Cascavel); Marylia Bernardt (São Miguel do Iguaçu); Gabriela Cristina Pereira (Umuarama) e Alessandra Bernardi (Palotina) figuram como «autoridades» da beleza deste Estado, isso se deve a persistência e perseverança da diretoria da BMW Eventos..., aos fiéis parceiros e a cada uma delas que se doaram de corpo e alma para esse sonho. Na memória das Misses eleitas certamente constam os momentos em que as barreiras foram superadas pelo orgulho de ser paranaense. 

Alguns creditam a BMW Eventos a total responsabilidade de arcar com todas as despesas da Miss após sua eleição. Isso tem que mudar e tem como ser mudado no Estado do Paraná: governo do Estado; Secretarias do Estado; Deputados Estadual/Federal; entidades de classe; coordenadores municipais; prefeitos - entre outros!

A Miss é de todos... a Miss é um patrimônio que deve ser respeitado e, por que não, cultuada como pessoa de bem e de boas referências...

Que se registre: muitos Estados apoiam suas Misses e elas se sentem valorizadas com essa manifestação de carinho. Que tal essa situação ser revertida aqui no Paraná?

Nenhum comentário: